Biblioteca incentiva autores a depositar livros na instituição

Biblioteca incentiva autores a depositar livros na instituição

JORNAL DE ANGOLA

https://www.jornaldeangola.ao/ao/noticias/biblioteca-incentiva-autores-a-depositar-livros-na-instituicao/

A Biblioteca Nacional de Angola apela às organizações comerciais públicas ou individuais que produzam qualquer documento susceptível de constituir património bibliográfico do país em múltiplos exemplares a remeté-lo à instituição para a guarda e conservação.

JORNAL DE ANGOLA

Em nota de imprensa divulgada hoje e assinada pela directora da Biblioteca Nacional de Angola, Diana Afonso Luhuma, reforça-se que, de acordo com a Lei do Depósito Legal, é obrigação de todos a remissão da documentação para que seja preservada em espaço próprio.

Este apelo surge na sequência de um gesto do autor Carlos Mariano Manuel, professor catedrático de Patologia e investigador de História, que cumpriu esta directriz com o depósito recentemente da obra científica “Angola desde a sua criação pelos portugueses até ao êxodo destes por nossa criação”.

Diana Afonso sublinhou no comunicado que o livro contribuirá para o enriquecimento do acervo bibliográfico da instituição e aproveitou a oportunidade para anunciar que, actualmente, a Biblioteca Nacional de Angola atribui cerca de 500 números de depósito legal a publicações não periódicas.

Realçou que este dado não corresponde ao número de publicações recebidas a título de depósito legal, pelo que há a necessidade de se continuar a trabalhar no sentido de sensibilizar a sociedade no cumprimento da lei.

O Depósito Legal, lembrou na nota a que o Jornal de Angola teve acesso, visa essencialmente facilitar a compilação da bibliografia nacional, preservar a literatura, controlar a produção bibliográfica e literária do país.

Deixe uma resposta