Lançamento do livro “Da Monarquia ao Estado Novo: Agências Noticiosas em Portugal” (ed. 2019), de Wilton Fonseca, na Casa da Imprensa em Lisboa.
Neste evento foram apresentados e comentados filmes originais da época.
Contou com a participação especial de Gonçalo Pereira Rosa (é investigador de história do jornalismo português no Centro de Estudos de Comunicação e Cultura da Universidade Católica, onde também lecciona, doutorado em Sociologia pelo ISCTE e mestre em Comunicação pela Católica, é director da National Geographic), Joaquim Letria (Antigo director da RTP, membro do Conselho de Imprensa, passou pela BBC, fundou “O Jornal” e o “Tal e Qual”, e a revista “Sábado”) e Wilton Fonseca (Iniciou a sua carreira como jornalista e editor no Rio de Janeiro. Licenciou-se em Filologia Românica pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, onde foi assistente até 1977. Trabalhou em “O Século” e no “Jornal Novo”. Na ANOP, onde esteve entre 1972 e 1982, foi Diretor Adjunto e Diretor de Informação, tendo ocupado as mesmas funções na NP. Também trabalhou na Lusa, no semanário “Tempo”, na RTP e foi colaborador de diversos jornais e estações de rádio nacionais e estrangeiras. Foi diretor de Comunicação da Gulbenkian e da FLAD. Trabalhou durante uma década para as Nações Unidas em Angola, Timor-Leste, Kosovo e Burundi). Os três são autores de muitos livros sobre jornalismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *