Arrancou hoje, 13 de Maio de 2019, na cidade de Luanda um pequeno festival literário de editora Alende. Esta actividade cultural é uma novidade em Angola e vai estar presente na Liga Africana, Mediateca de Luanda, Biblioteca Nacional de Angola, Rádio LAC e na Casa da Cultura e Artes UBUNTU, de 13 a 24 de Maio 2019. Vai ser apresentados os seguintes livros:

  • ESTADO-NAÇÃO OU ESTADO-ETNIA POLÍTICA? (2015), de Marcolino Moco
  • SARRABULHADA II (2019), de Nível (Miguel Neto) 
  • O PAPEL DO ESCRITOR NA SOCIEDADE COLONIAL ANGOLANA (2018), de João Ngola Trindade
  • O CORPO DE ALEXANDRA (2019), de Ventura de Azevedo
  • EVANGELHO BANTU (2019), de Kalunga (João André)
  • DO CAPITÃO GONÇALVES ZARCO AO CAPITÃO JAIR BOLSONARO – MOVIMENTOS PENDULARES DE ECONOMIA E PODER NO ATLÂNTICO SUL (2019), de Jonuel Gonçalves
  • O LADO OVIMBUNDU DE AGOSTINHO NETO (2019), de Bernardino Luacute
  • RAÍZES CANTAM (2017), de Job Sipitali
  • INSURREIÇÃO DOS SIGNOS (2018), de Hélder Simbad

A Liga Africana recebeu este primeiro evento de apresentação da nova editora e o primeiro lançamento. Para o editor João Ricardo Rodrigues “é uma felicidade iniciar esta actividade num local com a dimensão histórica da Liga Africana, herdeira da Liga Nacional Africana”.

Durante a apresentação foram oferecidos à biblioteca da Liga exemplares das edições da Alende/perfil Criativo. João Ricardo entregou um exemplar do livro AUTORES E ESCRITORES DE ANGOLA 1642-2018, de Tomás Lima Coelho ao Presidente da Liga Africana, Professor Doutor Carlos Mariano Manuel e pediu um minuto de silencio em nome de todos os escritores angolanos desaparecidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *