No dia 30 de Abril, pelas 18:30, será lançado, na Casa de Angola (Travessa da Fábrica das Sedas, 7 – 1250-096 Lisboa), o  livro “SARRABULHADA II” (Ed. 2019)de Miguel Neto (Nível), uma edição conjunta da ALENDE – Edições (Angola) e PERFIL CRIATIVO – Edições (Portugal).

SOBRE O LIVRO
No mundo das letras em Angola, Miguel Neto está entre os que escrevem com grande fôlego e correcção. Cada vez mais ele vem sendo um autor que se lê com fidelidade e respeito, pela forma exaustiva como trata os diferentes assuntos. Ele tem o condão de partilhar as suas ideias com os distintos leitores espalhados por esta sociedade. O seu respaldo decorre do facto de que escreve bastante o símbolo do passado – e com premonição – o que lhe confere um bom lugar entre os articulistas.
O livro anterior – porém, o segundo e original – espelha bem a sua veia enfática e persuasiva, numa abordagem multifacetada dos assuntos não menos vividos por si próprio que faz expandir reminiscências, os que tiveram a oportunidade de acompanhar, “in re”, os aludidos factos vivenciados, sem despiciendo para o devido registo e publicitação, dada em estampa para gáudio, e não só, dos actuais amantes de boa leitura, mas também, das gerações vindouras.
Carlos Veiga, professor universitário, in Prefácio

(…) Despreocupado em ser escritor, jornalista, cronista, colunista ou articulista de um mui procu­rado hebdomadário da nossa praceta, o autor desta obra remeteu-se com afinco à gratificante tarefa de escrever um texto por semana, ficando tácito um compromisso moral com o público leitor, sobretudo com os que aguardam as suas reflexões. Como se sabe, o jornalismo tem sido considerado a escola das escolas, pelo facto de – sempre que empresta um quadro a determinada esfera da vida – constituir um valor acrescentado, salvo raríssimas excepções. Tra­tando-se de um narrador que evita a contradição textual ou a redundância desnecessária, Miguel Neto tem carregado em seus ombros a responsabilidade de brindar os seus acompanhantes – telespectadores ou rádio-ouvintes – com o melhor de si (…)

Damião Lima, jornalista, in Posfácio

SOBRE O AUTOR

Vulgo “Nível”, é locutor de rádio e apresentador de televisão que iniciou sua carreira, em 1988, no estúdio do Instituto Karl Marx – Makarenko, em Luanda. Em 1989 co-fundou a Rádio Luan­da, onde realizou e apresentou os programas Movimento Estudantil, RPM-Rotação por Minuto, Cocktail Musical e Ponto de Encontro. Fazem igualmente parte dessa proeza os profissionais Evaristo José, Amélia Mendes, Afonso Quintas, Adão Filipe, Octávio Kapapa e Hélder Barber. Anos mais tarde, realizou e apresentou RC (LAC/1993), Explosão Musical (TPA/1996), Ponto de Encontro (RNA/2001) e Alto Nível (TPA/2007). É articulista de crónicas (Semanário “A Capital” /2003) e autor do livro “A Sarrabulhada – Vol. I” (2009), DVD Da África para América (2011), os livros “O Relato da minha trajectória” (2014) e “Meio século sem o carismático Luís Visconde” (2018).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *