Dia 26 de Novembro morreu o poeta, artista plástico, jornalista e fotógrafo Frederico Ningi, vítima de morte súbita. Membro da União Nacional de Artistas Contemporâneos Africanos e da International Writers and Artists, nasceu em Benguela no ano de 1959 e fez parte do movimento da Geração de 1980. Da sua obra poética destacam-se Os Címbalos dos mudos e Infindos nas ondas. Ningi será enterrado amanhã, às 11h00, no cemitério de Benfica (Luanda).

No passado dia 17 morreu também o poeta e escritor António Panguila, vítima de um acidente vascular cerebral. Nascido na capital angolana em 1963, foi autor de obras como, Vento no prato ou Agostinho Neto: Libertador e Homem da cultura, tendo recebido em 1996 o Prémio Literário de Poesia da Cidade de Luanda.

Créditos da imagem de destaque: Frederico Ningi

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *