Lançamento do livro “Insurreição dos signos”, de Hélder Simbad, no Sábado, 17 de Março 2018, às 17:00H.

“Reflexão, activismo, drama, humor e encanto colocam a “Insurreição dos signos” no mesmo diapasão que outras das mais actuais e interessantes criações artísticas e culturais angolanas como, por exemplo, – salvando as distâncias -, o tema musical “O Candongueiro Voador” de Paulo Flores que circula massivamente via redes sociais ou “Sob o olhar silencioso de Lénine”, a instalação que o artista plástico Kiluanje Kia Henda apresentou na última Art Frieze em Londres. De um modo geral, aquela música e a instalação como, agora, este livro são uma espécie de atestado de defunção ao “politicamente correcto”: as três criações reivindicam a importância da irreverência como motor da imaginação, da criatividade e de um pleno exercício de cidadania.”
Excerto do prefácio “A Rebelião das Palavras”, do historiador e crítico de Arte Adriano Mixinge.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *