HELDER SIMBAD EM LISBOA

Foi com estranheza que recebemos a indicação de “que devido a problemas técnicos na Central não pode o Consulado Geral de Portugal garantir a devolução dos passaportes dentro dos prazos legais.”

Mais surpreendidos ficámos quando recebemos de Luanda a informação de que o nosso autor Hélder Simbad, um jovem poeta e escritor, prémio de literatura António Jacinto em 2017, tinha sido impedido pelo Consulado, de viajar a tempo e a horas para participar no festival literário “Correntes de Escrita”, realizado de 20 a 24 de Fevereiro na Póvoa do Varzim. Uma situação inqualificável, que não pode ser ignorada, e que merecia um pedido de desculpa.

Em Lisboa aguardamos a chegada do escritor para realizarmos o lançamento do seu livro “Insurreição dos signos” (2018).

«NO BALCÃO DA PÁTRIA»

Vindes todos
ao café da insana idade
mas


não temos

Hélder Simbad, Insurreição dos signos (2018)

_________________________________

LANÇAMENTO
17 de MARÇO 2018, às 17:00H
Largo Café-Estúdio
Largo do Intendente, 16, Lisboa

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *