Autor: Maria Manuela Rocha | Editora: Perfil Criativo – Edições | Ano de publicação: Julho de 2017 – Primeira edição | ISBN:978-989-99756-5-1 | Nº de páginas: 54 | Capa: Mole com badanas | Medidas (Alt. x Larg. x Lombada): 200 x 110 x 5 mm | Peso: 0,90Kg | Colecção: Poesia no Bolso

Desde muito pequena começou a distinguir o pipilar e o canto dos passarinhos da sua terra: debaixo da mulemba frondosa ouvia o seripipi e naquela palmeira escutava a benguelinha. Na savana verdejante assistia ao voo dos bandos de bicos-de-lacre e dos peitos-celeste. No capim alto enternecia-se com as viuvinhas e os rabos-de-junco.
Naquele imbondeiro via as garças pousar em lampejos de brancura e quando caía a tarde sossegava com o arrulhar das rolinhas. E, assim que a noite caía, adormecia protegida por cazumbis benfazejos.
Com os passarinhos a menina de Caungula aprendeu a voar com asas de imaginação e com essa aprendizagem cresceu e se tornou mulher. No seu coração já habitava a poesia, mas guardava-a para ela.

(…)

Nas suas telas desvendou as cores quentes e a riqueza humana das gentes daquela terra onde vive ainda a sua alma, pintando também, em gesto agradecido, as vivências do país que a acolheu e onde vive agora o seu corpo físico.
Resolveu também abrir as gavetas onde tinha escondidos os escritos da sua saudade, esse sentimento que tão bem descreve a ausência do que nos é querido. Naqueles escritos guardados há tanto tempo estavam as paisagens, os cheiros e os sabores, as danças, as canções, os animais, as gentes, tudo o que conheceu, sentiu, amou e que deixou para trás.
Esses poemas estão aqui.
(Excertos do prefácio de Tomás Lima Coelho, escritor luso-angolano)

[MAIS INFORMAÇÕES NA LOJA DOS AUTORES]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *